Comunicação: a alma do negócio

Comunicação: a alma do negócio

Comunicação em tempos de crise: a propaganda ainda é a alma do negócio?

Não há mais dúvidas de que o Brasil enfrenta uma forte crise econômica e política. Com o número de desempregados no país chegando a 12,6 milhões, 11,8% no trimestre encerrado em julho, segundo o IBGE, é nítida a queda do volume de vendas principalmente do comércio varejista.

Na tentativa de reduzir os impactos dessa crise, muitas empresas começam a buscar ações que as ajudem a superar esses desafios. As primeiras ações normalmente visam concentrar esforços em ampliar as vendas, aumentando, consequentemente, os lucros. Entretanto, esse não deve ser o único caminho a se tomar em um momento como esse.

O investimento em comunicação é de suma importância para quem quer passar pela crise sem grandes prejuízos. Por isso, ele jamais deve ser considerado um gasto supérfluo. Por exemplo: de acordo com uma pesquisa divulgada em 2014 pela HsM Management, 73% dos consumidores utilizam a internet para pesquisar antes de efetuar uma compra.[1] Ou seja, uma empresa que não possui um site ativo está excluída do campo de pesquisa desses consumidores. Entretanto, a mídia off-line não deve ser deixada de lado. Para se atingir 100% do público-alvo, é preciso investir também na impressão de materiais, tais como outdoor, folders, cartazes, etc. Dessa maneira, como um investimento a médio e longo prazo, a contratação de profissionais ou empresas especialistas em comunicação é uma das melhores maneiras de divulgar um produto ou serviço, capitalizado e fidelizando clientes.

A comunicação estratégica, que é aquela dotada de planejamento, conhecimento detalhado do público e de suas necessidades, realização de pesquisas específicas e disponibilidade de recursos, é fundamental para garantir que os produtos e serviços sejam vistos. Ela trabalha desde a elaboração de políticas de comunicação, prevendo impactos, até a efetivação dos resultados. Além de estar sempre atualizada com as novas tecnologias, é extremamente importante que a comunicação de uma empresa seja responsabilidade de profissionais qualificados que tenham capacidade de interagir corretamente com o público-alvo.

Um investimento correto em comunicação em uma empresa garantirá não só a formação de uma imagem positiva junto ao público, mas também um maior alcance da divulgação de seu produto ou serviço, garantindo reconhecimento e visibilidade. Só assim será possível se manter em uma posição de destaque no mercado.

[1]http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2019-08/taxa-de-desemprego-no-brasil-cai-para-118-em-julho-diz-ibge

Autora: Anne Carolina de Souza | Diretora de Revisão e Advogada da Agência Birdhouse

Deixe uma resposta